|EBOOK ⚈ Auto da Compadecida ☢ eBooks or Kindle ePUB free

O delicioso livro pe a de Ariano Suassuna se passa no sert o da Para ba.Escrito em 1955 , Suassuna explora as tradicionais hist rias contadas no sert o nordestino, hist rias da literatura de cordel , hist rias contadas de boca a boca, bem como tamb m as hist rias contadas pela cultura ocidental , e modificando a seu gosto os v rios personagens , diferenciando os dos personagens originais a seu bel prazer, faz um livro muito engra ado e divertido.Basicamente conta a hist ria de dois grandes am O delicioso livro pe a de Ariano Suassuna se passa no sert o da Para ba.Escrito em 1955 , Suassuna explora as tradicionais hist rias contadas no sert o nordestino, hist rias da literatura de cordel , hist rias contadas de boca a boca, bem como tamb m as hist rias contadas pela cultura ocidental , e modificando a seu gosto os v rios personagens , diferenciando os dos personagens originais a seu bel prazer, faz um livro muito engra ado e divertido.Basicamente conta a hist ria de dois grandes amigos, Jo o Grilo e Chic , sendo o primeiro muito esperto e o segundo medroso e ing nuo Por causa das constantes mentiras, eles se metem nas maiores confus es, envolvendo padre, sacrist o, cangaceiros, c u, inferno, diabo, um Jesus negro, um padeiro, Deus, e a Imaculada.As coisas mais inimagin veis acontecem como, bexigas de sangue sendo usadas para simular uma morte, gato que defeca dinheiro, e cachorro sendo enterrado com direito a ora o em latim.Ah esse cachorro a ra z de todo mal os interesses pessoais tamb m.Ah esqueci de contar que o narrador um palha oGostei demais Um livro que faz uma cr tica a religiosidade brasileira e resgata as ra zes da cultura Brasileira One of Brazilian most classical plays, Auto da Compadecida can offer to anyone a delightful reading, in which is possible to know a little bitabout Northeast Brazilian culture.Through its 200 pages, Ariano Suassuna tells us the story of two conmen, Jo o Grilo and Chic Both do that without any evil in their actions it s just a way of life found by them in this dry region flooded with poverty Despite its simple language, Suassuna criticises several social categories, like the clergy, the One of Brazilian most classical plays, Auto da Compadecida can offer to anyone a delightful reading, in which is possible to know a little bitabout Northeast Brazilian culture.Through its 200 pages, Ariano Suassuna tells us the story of two conmen, Jo o Grilo and Chic Both do that without any evil in their actions it s just a way of life found by them in this dry region flooded with poverty Despite its simple language, Suassuna criticises several social categories, like the clergy, the bourgeoisie and the local militia.A pleasant which presents in a joyful way human misery as it is, plain and simple A experi ncia que se tem lendo o livro sensacional e muito diferente da que se tem assistindo ao filme que, embora eu tenha conhecido antes, n o atrapalhou em nada a minha leitura Talvez porque este ltimo n o carrega t o fortemente o nome de Ariano Suassuna, mas a pe a escrita d uma compreens o muito maior do que este universo liter rio t o rico e bonito, do qual se percebe muito claramente o resgate muito necess rio, por sinal das tradi es culturais de um nordeste que, hoje, anda me A experi ncia que se tem lendo o livro sensacional e muito diferente da que se tem assistindo ao filme que, embora eu tenha conhecido antes, n o atrapalhou em nada a minha leitura Talvez porque este ltimo n o carrega t o fortemente o nome de Ariano Suassuna, mas a pe a escrita d uma compreens o muito maior do que este universo liter rio t o rico e bonito, do qual se percebe muito claramente o resgate muito necess rio, por sinal das tradi es culturais de um nordeste que, hoje, anda meio esquecido Juntando genialmente os aspectos cr tico e divertido, deve se tomar Ariano como um exemplo, que soube unir engajamento e popularidade numa obra leve, mas cujo peso se nota muitas vezes e d uns bons cutuc es na nossa comodidade J assisti o filme in meras vezes, mas ainda me faltava ler a pe a E olha, n o a toa que um dos melhores filmes nacionais j feitos e um dos meus favoritos da vida. Auto da compadecida de Ariano Suassuna, publicado no Brasil pela Nova Fronteira, que me enviou um exemplar de cortesia.Em 1.999 me encantei com Jo o Grilo e Chic por causa da adapta o da pe a para uma mini s rie exibida na rede Globo, mas s fui conhecer o texto original h poucos dias.O que mais me encanta na escrita de Suassuna seu humor inserido no ar de ingenuidade dos seus personagens, a cr tica social inteligente apresentada de forma leve e rea Auto da compadecida de Ariano Suassuna, publicado no Brasil pela Nova Fronteira, que me enviou um exemplar de cortesia.Em 1.999 me encantei com Jo o Grilo e Chic por causa da adapta o da pe a para uma mini s rie exibida na rede Globo, mas s fui conhecer o texto original h poucos dias.O que mais me encanta na escrita de Suassuna seu humor inserido no ar de ingenuidade dos seus personagens, a cr tica social inteligente apresentada de forma leve e realista N o algo escrachado, mas facilmente percept vel para o p blico leitor.Segundo o pr prio autor, Auto da Compadecida foi escrito com base em romances e hist rias populares do nordeste.O estilo da literatura de cordel percept vel ao atentar se para o encadeamento ritmado e compassado das palavras A oralidade est presente e um importante fator para a caracteriza o dos personagens.Logo no come o da pe a, temos uma situa o que mostra como o distanciamento entre as classes sociais interfere n o apenas ao longo da vida, mas tamb m na morte A forma como o dinheiro corrompe a todos, inclusive queles que n o deveriam se apegar aos bens materiais, me pareceu estar no centro da pe a e a partir dela que percebemos a mesquinharia, ego smo, hipocrisia religiosa, a mis ria do sert o, coronelismo, racismo E sensacional a forma como os mais humildes n o precisam de dinheiro, e sim da intelig ncia, para se safarem de enrascadas.Apesar de ter temas pesados como centrais, a pe a hil ria, ri alto em diversos momentos.Mais uma pe a de Suassuna que me arrebatou, quero continuar na descoberta de sua obra completa 4,5 Auto da Compadecida uma obra maravilhosa do Ariano Suassuna Eu adoro a adapta o feita para o cinema TV A leitura da pe a s veio para confirmar o que eu sentia.O texto do Ariano leve e engra ado De leitura r pida e extremamente prazerosa Infelizmente, n o tenho como deixar a compara o de lado Guel Arraes e Adriana Falc o conseguiram captar perfeitamente a ess ncia da obra de Suassuna Fora o trabalho espl ndido de todos os atores O livro simples e possui menos personagens que a 4,5 Auto da Compadecida uma obra maravilhosa do Ariano Suassuna Eu adoro a adapta o feita para o cinema TV A leitura da pe a s veio para confirmar o que eu sentia.O texto do Ariano leve e engra ado De leitura r pida e extremamente prazerosa Infelizmente, n o tenho como deixar a compara o de lado Guel Arraes e Adriana Falc o conseguiram captar perfeitamente a ess ncia da obra de Suassuna Fora o trabalho espl ndido de todos os atores O livro simples e possui menos personagens que a adapta o Mas a mudan a para a adapta o perfeitamente aceit vel.Recomendo a leitura pra quem gosta do filme, para quem quer rir um pouco e para quem quer ver esse cl ssico por uma nova vertente Tenho certeza que n o ir o se decepcionar S sei que foi assim uma leitura muito boa Chic 3 Jo o Grilo pena que preconceituoso |EBOOK ⚖ Auto da Compadecida ☲ O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, consegue o equil brio perfeito entre a tradi o popular e a elabora o liter ria ao recriar para o teatro epis dios registrados na tradi o popular do cordel O terceiro ato me deu uma brochada, com seu excesso de respeito a Maria e Cristo mesmo um Cristo, digo, Manoel negro , al m do final um tanto bobo Mas o primeiro e o segundo s o fodas engra ados, inteligentes, irreverentes. Engra ado e inteligente Nos faz mergulhar na cultura nordestina e curtir esta pe a teatral que remete literatura de cordel Imposs vel n o se render aos argumentos do astuto Jo o Grilo e se divertir com os causos do Chic. Impressionante como a adapta o pro cinema consegue fazer com que a gente reveja tudo na cabe a lendo uma frase s que seja.